Número total de visualizações de página

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

Poema do mês -. janeiro


Poema do mês




Ao acordar
em vez de ouvir os pássaros a cantar,
ouço bombas a rebentar,
crianças a gritar!

Quero ver a luz do dia,
sentir a brisa,
mas apenas tenho a agonia,
a tristeza de uma cidade perdida…

A minha vida está consumida
por uma angústia despida
pois nunca poderei ver
os meus filhos crescer!

Esta guerra tem de acabar,
algo tem de mudar!
tantas pessoas desfaleceram,
tantas cidades desmoronaram,
e tudo isto para quê?


  
Carolina Gonçalves e Matilde Guerra, 12º D 


Sem comentários:

Enviar um comentário